ESPCEx

Escola Preparatória de Cadetes de Exército – EsPCEx

Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), localizada na cidade de Campinas, São Paulo, é o estabelecimento de ensino militar do Exército responsável por selecionar e preparar os jovens para o ingresso no Curso de Formação de Oficiais das Armas, do Quadro de Material Bélico ou do Serviço de Intendência.

A seleção é feita anualmente, por meio de um concurso de admissão de âmbito nacional, no qual são oferecidas cerca de 400 vagas para o sexo masculino e 50 vagas para o sexo feminino.

A excelência na formação de futuros cadetes pela EsPCEx é a primeira e obrigatória etapa para a formação de oficiais e, consequentemente, para o engrandecimento do Exército Brasileiro. A Escola cria a base sólida para que a AMAN possa prosseguir em sua missão de formar o futuro oficial.
O foco da formação do futuro cadete é a progressividade no desenvolvimento de atitudes (atributos afetivos), que servirão de alicerce para que as demais áreas dessa formação – área cognitiva, área psicomotora e área afetiva – possam ser desenvolvidas. Dentre as diversas atitudes a serem objetos de observação e de desenvolvimento, constantes do Perfil Profissiográfico do Concludente do Curso de Formação de Oficiais da Linha de Ensino Bélico, são priorizadas aquelas imprescindíveis para o exercício das atividades do cadete naquela Academia: abnegação, adaptabilidade, camaradagem, cooperação, coragem moral e física, disciplina, empatia, equilíbrio emocional, flexibilidade, lealdade, persistência e rusticidade. As demais, também importantes, serão desenvolvidas nessa Academia, nos anos subsequentes.
O aluno é tratado, desde seus primeiros contatos com a Escola, com o rigor fraternal dedicado a um irmão mais novo ou a um filho, a quem a atual geração de militares delegará, em breve, a responsabilidade pela preservação dos valores do Exército. A cordialidade – sem perder o rigor inerente à atividade militar –, a empatia, a fé na nobreza da missão de ser soldado e o exemplo são ressaltados no dia a dia do aluno.
As manifestações de desapreço, de deseducação, de incoerência e de maus-tratos são rigorosamente abolidas da formação do aluno da EsPCEx. O futuro comandante do combate moderno atuará nos mais variados ambientes operacionais e culturais. Portanto tem, nos exemplos da Escola, suas primeiras e mais arraigadas lembranças de respeito aos direitos humanos e à diversidade cultural.
O aluno identifica-se, desde os primeiros dias na caserna, com o profissional do Estado que concentra, em suas mãos, o poder legal para o emprego das armas, cuja função específica é a defesa do próprio Estado pela administração da violência. Portanto, para se manter dentro dessa legalidade que faz uso coletivo da violência, deve eliminar qualquer vestígio de violência individual de sua personalidade.

Como funciona o curso da EsPCEX

Na Escola Preparatória de Cadetes do Exército – EsPCEx, o ano escolar abrange o período letivo, o de recesso escolar e o período de férias, entre a cerimônia de conclusão do ano letivo e a apresentação, em janeiro do ano subsequente, na Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN.
O início e o encerramento do período escolar são formalizados por meio de solenidades militares, em datas previamente fixadas pelo Departamento de Cultura e Educação do Exército – DECEx. O regime de funcionamento do curso na EsPCEx é de internato e a frequência do aluno às atividades escolares é obrigatória, sendo considerada ato de serviço. A duração dos tempos de aula, instrução ou de outras atividades escolares é de 45 minutos e o aluno será considerado aprovado no 1º Ano do Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico e estará habilitado para o ingresso na AMAN se obtiver nota igual ou superior a 5,0 (cinco vírgula zero) em cada uma das disciplinas curriculares ( Língua Portuguesa I (90 h/a), Língua Inglesa I (75 h/a), Língua Espanhola I (60 h/a), História (60 h/a), Física Aplicada (90 h/a), Química Aplicada I (60 h/a), Cálculo (90 h/a), Cibernética I (75 h/a), Introdução às Técnicas Militares (123 h/a), Técnicas Militares I e II (236 h/a) e Treinamento Físico Militar – TFM I, II e III (262 h/a) e estar igualmente apto na esfera da Disciplina Militar.
Ao término do ano letivo, haverá uma classificação geral de rendimento escolar (expresso por notas e menção) referente a todos os alunos aprovados, fundamentada nas notas finais das disciplinas e no conceito escolar. Esta classificação visa destacar os alunos com os melhores resultados no decorrer do ano letivo na EsPCEx e integrará a classificação geral da AMAN.
Em caso de reprovação em alguma disciplina, o aluno deverá repeti-la no ano seguinte na EsPCEx. O aluno somente terá direito a uma única reprovação ao longo de todo o Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico.

Quais os requisitos básicos para o concurso da EsPCEx

Algumas condições para inscrição:

ser brasileiro nato, para ambos os sexos;

possuir idade de, no mínimo, 17 (dezessete) e, no máximo, 22 (vinte e dois) anos, completados até 31 de dezembro do ano da matrícula;

ter concluído ou estar cursando (no ano da inscrição) o 3º ano do Ensino Médio.

Como é o Concurso da EsPCEx

As inscrições para o processo seletivo acontecem anualmente nos meses de maio a junho e são feitas pela internet por intermédio do sítio: www.espcex.eb.mil.br.

O Processo Seletivo é composto por exame intelectual, inspeção de saúde, exame de aptidão física, avaliação psicológica, comprovação de requisitos biográficos e averiguação de idoneidade moral.

As provas do exame intelectual geralmente ocorrem em setembro, e os candidatos classificados dentro do número de vagas são convocados para se apresentar na EsPCEx em janeiro do ano seguinte, a fim de submeterem-se às demais etapas do processo seletivo citadas acima.

Em caso de aprovação em todas as etapas da seleção, o candidato é matriculado e passa a ser militar da ativa do Exército Brasileiro, na condição de Aluno da EsPCEx. Se concluir o curso com aproveitamento, prosseguirá para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ), onde, após 4 anos, concluirá o Curso de Formação e será declarado Aspirante a Oficial das Armas, do Quadro de Material Bélico ou do Serviço de Intendência do Exército Brasileiro.

Prova e etapas do concurso

O concurso possui duas fases: exame intelectual e de aptidão física. Na primeira fase, o candidato realizará duas provas. A primeira, no sábado, conta com questões de Português (20 questões), Redação, Física (12) e Química (12), e tem duração de 4h30min. A outra prova é no domingo, com duração também de 4h30min.